quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Cheiro de Hortelã


Fiquei,sobrei. É sempre assim,eu fico sozinha por ser quieta quandoo mundo clama por vozes.
Fico de lado desde criança, menina sensível.Menina sonhadora.
Tem problema não.Amanhã eu recomeço com cheiro de hortelã e verdades.
Comigo sempre foi diferente,mágico.
Amanhã eu coloco pessoas em seus devidos lugares com minha ausência,meu silêncio.
Hoje eu não recebi palavras.


Dica - Coaching

Organizar o tempo, sem pressão. Eu acredito que flui melhor qualquer trabalho.



terça-feira, 27 de agosto de 2013

Alter Ego

Eu encontrei minhas bonecas, estavam guardadas dentro de uma sacola.
Uma estava vestida de noiva; e é ela que eu quero te dar.
Penso que se casar com você, um alter ego mais destemido possa nascer.
Eu preciso dessa outra persona para enfrentar o lado cruel do mundo, dos humanos.
E só você pode me dar esse poder. Só você pode me iluminar, me libertar.
Hoje só tinha uma estrela no céu, mas a nossa lua de mel está próxima.
(Gosto de você, porque sabe decifrar subtextos. Prazer intelectual viciante).





sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Busca o que te move

Deixa um vento de paz soprar aí .
Sintoniza a energia, busca o que te move e vai pra vida.
Erga a cabeça e faça por merecer.
Só quem se move chega ao objetivo.
Tenha fé,a SUA fé.



Girassol


Livro: Adorável Pecadora 



sexta-feira, 16 de agosto de 2013

De tudo que observo e sinto (...)

A fama pode ser a derrocada, uma grande cilada para quem não tem preparo psicológico e emocional (agradeço ao teatro por ter me ensinado tudo isso).
A fama é assim, te deixa frágil (porque todos querem um pouco de você).
A fama é assim, te deixa com o ego nas alturas (saiba dominá-lo).
As pessoas criam uma imagem sua, as pessoas criam a sua fortaleza e você é tão igual às outras pessoas.
Para continuar, é preciso acima de tudo ter amigos para te acolher e te aconselhar.
Para continuar é preciso AMAR quem lê seus textos e gosta do seu jeito.

Na minha concepção; escritor não tem FÃ, tem LEITORES. 




quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Este texto foi encontrado num baú, em um reino distante (...)


É porque você é tão imenso no mundo, tão seguro, que eu fico olhando sem vontade de parar.
Argumenta, escreve bonito e sabe usar o ponto e vírgula corretamente nas conversas informais 

(fico em estado de encantamento com isso). Você escreve versos.
Alquimia pura no âmago da letra que nunca diz o que realmente sabe, mas eu desconfio.
Mistério na foto, na voz, no abraço que dá vontade de ficar pra sempre.
O sonífero mais eficaz que já existiu.
Eu sonho a poesia da sua missa negra.




sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Biografia do Tempo

Era o filme Alice no País das Maravilhas no cinema, era o jeito tímido e educado. Críticas sobre a política, a opinião jornalística.
Os poemas que escrevia e me mostrava, a paixão pela literatura.
Depois começaram a chegar os livros pelo correio, que você não colocava remetente só para me deixar curiosa. Mas quem me presentearia com livros comprados em São Paulo ? Quem compraria livros dos meus autores preferidos ? Estão todos guardados. Os quadros também estão.
Teatro Renaissance sábado a noite em São Paulo, monólogo que falava da vida de Clarice Lispector. Mais um dos seus presentes culturais.
Ficou tudo impresso na biografia do tempo, ficou bonita demais a nossa amizade depois do romance.
Na sala da sua casa, assistindo O Turista como sua quase-melhor amiga, conversando sobre outros amores e planos.
Espero ser a sua amiga-escritora favorita, porque você é, e sempre será o meu amigo-jornalista adorável.
Vai dizer que a nossa história não é um filme francês que você tanto aprecia ?



quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Cara Limpa

Te ver sorrindo e conquistando o seu espaço tão de cara limpa, é o que me faz acreditar em gente que vai a luta sem medo.
Essa vida é um jogo, mas não fique insegura porque você vai aprender. E se não entender as regras, eu te explico. 



quarta-feira, 7 de agosto de 2013